Yellow limita área de atuação e muda regras do serviço

Recentemente postamos na nossa página de Facebook sobre mudanças no sistema da Yellow. Muitos clientes questionaram as novas regras do sistema, que limitam as regiões atendidas, horários para uso do sistema e cobra uma taxa de R$ 30 para estacionar em praticamente toda cidade

2
Nova área de atuação da Yellow (Yellow)

No mapa acima é possível perceber que a nova área de atendimento é bem restrita, dado que antes o sistema operava em toda cidade. A nova área de atendimento é limitada ao eixo Faria Lima-Berrini, com trechos entre Vila Leopoldina, Butantã, Pinheiros até Santo Amaro.  Após a mudança, a maior parte da Zona Sul e da cidade de São Paulo deixou de ser atendida.

Essa mudança é preocupante, pois deixa muitos usuários sem acesso ao sistema, sobretudo na periferia. Quando a Yellow iniciou suas atividades, uma das grandes vantagens percebida pelos usuários foi a ausência estações, o que permitia que as bicicletas fossem utilizadas em qualquer região da cidade.

Além disso, recentemente surgiram queixas quanto aos horários. Alguns usuários tentaram utilizar o sistema após às 18h e tiveram problemas pois o aplicativo não permitia o desbloqueio da bicicleta. Eu mesmo passei por isso no Paraíso onde tentei desbloquear uma bicicleta e não consegui. Recebemos relatos que os  horários variam de bairro para bairro,

Entramos em contato com a empresa, que forneceu a resposta abaixo:

3
Resposta da Yellow para o Bike Zona Sul no Facebook.

Se desde o início da operação a Yellow sabia que “não seria possível atender a demanda de toda a cidade de São Paulo de uma vez“, por que liberaram o uso do sistema por toda cidade? Não seria melhor ter iniciado de forma pontual e ampliar a área de atendimento conforme a quantidade de bicicletas e funcionários aumentasse?

Nós, do Bike Zona Sul, estamos torcendo para o sistema voltar ao formato antigo. Também estamos abertos para conversar com a empresa e até mesmo auxiliá-la na sua adaptação e futura expansão. Afinal, sem as limitações de região ou horários, o sistema se tornará cada vez mais popular. Com isso teremos mais ciclistas nas ruas, o que vai aliviar a lotação do transporte coletivo e vai tirar cada vez mais carros para as ruas.

Leia mais sobre sistemas de bicicletas compartilhadas, clique aqui!

(Equipe Bike Zona Sul: Paulo Alves e Thomas Wang)

#BikeZonaSul  #VaiTerCiclovia #CicloviasSalvamVidas
#CidadesParaPessoas #SãoPauloPrasPessoas


Siga o Bike Zona Sul nas redes sociais para ficar por dentro das ações e eventos do coletivo:
YouTube: www.youtube.com/bikezonasul
Instagram: www.instagram.com/bikezonasul
Twitter: www.twitter.com/bikezonasul
Strava: www.strava.com/athletes/bikezonasul

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s