Como foi o workshop sobre ciclovias na Zona Sul?

No dia 27 de abril o Bike Zona Sul participou do workshop do Plano Cicloviário de São Paulo, organizado pela CET (Companhia de Engenhara de Tráfego) em conjunto com a CTB (Câmara Temática de Bicicleta).

O workshop foi focado nas subprefeituras do Jabaquara, Cidade Ademar, Campo Limpo, M’Boi Mirim Parelheiros e Butantã (na Zona Oeste).

Durante a manhã os representantes da CTB, o BZS, a Ciclocidade, os ciclistas e técnicos da CET conversaram sobre os dados de mortes no trânsito de cada subprefeitura. Também foram realizadas sinalizações em mapas, conforme as fotos abaixo!

8
Os adesivos redondos foram colados pelos ciclistas de acordo com a legenda. Era possível arcar uma via como “segura”, “insegura – medo do trânsito” e “insegura – medo de assalto/roubo” (Thomas Wang/BZS)
6
Análise da CET sobre a infraestrutura existente em uma parte da Zona Sul (Thomas Wang/BZS)
2
Fomento à cultura. (Thomas Wang/BZS)

As pessoas também puderam dar sugestões sobre como a CET/Prefeitura pode fomentar a cultura da bicicleta (com post-its azuis), onde foram dadas ideias como “aulas sobre leis de trânsito nas escolas da rede municipal”, “incentivar o cicloturismo” e “campanhas incentivando a preferência de pedestres e ciclistas”.

3
Participação social. (Thomas Wang/BZS)

Sobre a participação social (post-its amarelos), os ciclistas pontuaram que “o comitê de segurança viária deve ter participação civil”, que a Prefeitura deve “disponibilizar dados em plataforma online para download” e que “as audiências públicas devem ser de sexta à noite e sábado de tarde pois as pessoas trabalham” (leia mais sobre as audiências no final desse post!).

4
Infraestrutura (Thomas Wang/BZS)

A CET também colheu sugestões sobre a infraestrutura (post-its rosas), onde as pessoas pontuaram que a CET “não deve ter medo de retirar espaço dos carros” e deve “priorizar ciclistas e pedestres sempre”, assim como os ciclistas querem “pontes com ciclovias” e “redução de velocidade na cidade toda”.

5
Avaliação e monitoramento (Thomas Wang/BZS)

Também foram coletadas sugestões sobre como avaliar e monitorar as estruturas existentes e futuras (post-its verdes). Nesse tópico as pessoas incentivaram a colocação de “fiscais da CET e guardas da GCM de bicicleta”, a abertura de concursos de fiscais da CET, “mais contadores de ciclistas nas ruas” e a adoção anual do IDEciclo para a avaliação das estruturas.

Em breve a Prefeitura marcará as audiências públicas sobre a implantação de ciclovias/ciclofaixas em cada subprefeitura, onde a participação dos ciclistas é essencial! Após tanto trabalho, é necessário reforçar que os ciclistas precisam de ciclovias para se proteger!

Quando as datas das audiências saírem, vamos postar na nossa fanpage e aqui no blog!

Você que é ciclista, avise outros ciclistas da sua região e compareça! Convide amigos e parentes que desejam que você volte vivo para casa! Convide comerciantes que possuem clientes que pedalam! Precisamos de muitas pessoas a favor das ciclovias para pressionar a Pefeitura e cobrá-los!

(Equipe Bike Zona Sul: Paulo Alves e Thomas Wang)

#BikeZonaSul  #VaiTerCiclovia #CicloviasSalvamVidas
#CidadesParaPessoas #SãoPauloPrasPessoas  #Mobilidade #Bicicleta #Transporte #BikeFazBemAoComércio


Siga o Bike Zona Sul nas redes sociais para ficar por dentro das ações e eventos do coletivo:
YouTube: www.youtube.com/bikezonasul
Instagram: www.instagram.com/bikezonasul
Twitter: www.twitter.com/bikezonasul
Strava: www.strava.com/athletes/bikezonasul

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s