Inspecionamos a Ciclovia Rio Pinheiros com a nova gestora da ciclovia e o Bike Zona Oeste!

Membros dos coletivos Bike Zona Sul e Bike Zona Oeste realizaram uma vistoria na Ciclovia Rio Pinheiros (trecho Villa Olímpia-Parque Villa Lobos) na sexta passada, 24/07, junto a representantes da nova empresa gestora da ciclovia, a Farah Service.

BZS
Membros do Bike Zona Sul, Bike Zona Oeste e Fara Service  se reúnem antes da inspeção no ponto de apoio da Estação Vila Olímpia.

A estrutura cicloviária está fechada por causa da pandemia, mas a reabertura está prevista para dia 03/08/2020. Para a reabertura, o uso de máscara e outras medidas preventivas deverão ser obrigatórias para todos.

No trecho entre a Estação Vila Olímpia e o Parque Villa-Lobos, na Zona Oeste, pudemos ver melhorias nos pontos de apoio (como a restauração de alguns acessos e guaritas), sinalização para evitar conflitos, instalação de vending machines e de carregadores de celular, assim como chuveiros/armários (pagos) e suportes para manutenção de bicicletas.

BZS
Melhorias nos pontos de apoio: suporte para manutenção com bomba de ar e ferramentas, vending machine e local para carregar celulares.

Parte dos pontos de apoio estão restaurados e alguns acessos ainda deverão passar por melhorias (como o da Ponte Cidade Universitária). Além disso, a ciclovia deverá receber iluminação, o que permitirá a ampliação de horário de uso pela manhã e pela noite.

BZS
A sinalização recebeu melhorias para evitar colisões, porém faltam placas com o limite de velocidade.

A maior preocupação ressaltada foi a ausência de acessos em locais importantes como na altura do Parque Villa-Lobos (onde há um passarela abandonada), na Ponte Eusébio Matoso (cujo projeto e verba já estão aprovados há anos!) e vários locais na Zona Sul (que serão vistoriados futuramente). Os membros do BZS e do BZO também manifestaram sua preocupação com o limite de velocidade e tamanho dos pelotões, que devem ser controlados para garantir a segurança de todos os usuários da ciclovia.

BZS
A passarela que deveria conectar a Ciclovia Rio Pinheiros e o Parque Villa-Lobos está abandonada há anos, como já noticiamos antes. E nós tentamos por de pé!

Acreditamos que a estrutura têm um enorme potencial, uma vez que o uso de bicicleta já é alto. Segundo contagens realizadas, a maioria dos ciclistas utiliza a Ciclovia Rio Pinheiros para mobilidade, sendo ciclistas de lazer a segunda categoria mais numerosa e os de esporte a terceira. Também sabemos que a quantidade de pessoas usando a bicicleta têm crescido cada vez mais devido à pandemia de Covid19.

Os coletivos também apresentaram 10 demandas principais à Farah Service, das quais algumas já estavam em discussão e talvez possam ser atendidas.

Segue um resumo das reivindicações:

  1. Priorizar a segurança e saúde dos usuários;
  2. Diálogo constante e participativo;
  3. Criação de novos acessos;
  4. Apoio efetivo para melhorias na Ciclovia da Margem Oeste;
  5. Reinstalação ou sinalização e compensação pelo acesso removido da Ponte Cidade Jardim (Margem Oeste);
  6. Sinalização para a boa convivência de todos;
  7. Espaços e serviços dedicados com foco em mobilidade e ciclo logística (entregadores);
  8. Ampliação de horário;
  9. Plantio de árvores nativas com ciclistas e a comunidade;
  10. Limpeza.
BZS
No topo: retorno na altura do Parque Villa-Lobos. Abaixo: chuveiros e armários pagos. Na direita: acesso na Estação Vila Olímpia, com escadas e canaletas.

Esperamos que a Farah dialogue com os demais envolvidos na gestão do Rio Pinheiros para apresentar respostas construtivas para as demandas apresentadas, assim como mantenha o diálogo aberto como foi iniciado recentemente. A Ciclovia Rio Pinheiros é muito importante para nós e esperamos que ela possa se tornar um local ainda mais conectado e com boa convivência entre os diferentes perfis de ciclistas e a natureza. 

Também desejamos que ela se torne um exemplo de transformação, trazendo benefícios para todos os ciclistas, seus vizinhos e para a cidade! Quem sabe, um dia ela não se expanda pelas margens do Rio Tietê e vire uma referência para outros lugares. 

BZS
Placa indica abertura do trecho entre a Estação Vila Olímpia e a Ponte Estaiada.

Conheça o Bike Zona Oeste, um coletivo ‘irmão’ do Bike Zona Sul!

(Equipe Bike Zona Sul: Kristofer Willy, Lucian de Paula, Paulo Alves e Thomas Wang

Equipe Bike Zona Oeste: Fernando de Abreu, Renato Mariano, Sasha Hart e Simone Penninck)

#BikeZonaSul #BikeZonaOeste #VaiTerCiclovia #CicloviasSalvamVidas
#CidadesParaPessoas #SãoPauloPrasPessoas #Mobilidade #Bicicleta #Transporte #BikeFazBemAoComércio #Compartilhe


Siga o Bike Zona Sul nas redes sociais para ficar por dentro das ações e eventos do coletivo:
YouTube: www.youtube.com/bikezonasul
Instagram: www.instagram.com/bikezonasul
Twitter: www.twitter.com/bikezonasul
Strava: www.strava.com/athletes/bikezonasul

 

Um comentário em “Inspecionamos a Ciclovia Rio Pinheiros com a nova gestora da ciclovia e o Bike Zona Oeste!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s