O fim do rodízio do Bruno Covas

Parece que a prefeitura não consegue ler a pesquisa origem e destino para planejar suas ações de mobilidade urbana, o que os especialistas chamam de fazer “gerenciamento da mobilidade”.

O que diz a pesquisa Origem e Destino?

Cerca de 40% dos deslocamentos são realizados a pé, isso não significa que as pessoas estão deixando o carro em casa, ou usando menos o transporte público, significa que as pessoas estão andando muito para acessar o transporte público, acima de 15 minutos, uma fração sequer tem recurso para usar o transporte público e faz grandes deslocamentos acima de 60 minutos, entre outras privações que levam as pessoas a ficarem a pé.

27% dos deslocamentos são feitos por carros , desses cerca de 25% poderiam andar a pé ou ir de bicicleta, estão a menos de 3 km do trabalho, mas não o fazem por diversos motivos, o principal infraestrutura parara mobilidade a pé ou de bike deficitária, estacionamentos baratos e política voltada para facilidade de viajar de carro.

1% ou menos de bicicleta e 2% ou mais de Aplicativos, 2% motos

E cerca de 28% a 30% de transportes públicos, aqui , o transporte é ainda deficitário em algumas partes da cidade, mas é bem melhor do que ha 10 anos, mas ainda muito caro…

O que fazer?

Me parece óbvio que no lugar de restringir o carro através de atividades que estrangulam o transportes públicos a prefeitura deveria estar investindo para melhorar os deslocamentos a pé e de bicicletas , como em qq lugar do mundo… diminuir o deslocamento de carro ( os 25%) melhorando a infraestrutura de calçadas e a pé. Melhorando a oferta de corredores de ônibus aumentando as faixas e a oferta de transportes…

Agora quer reduzir a circulação de pessoas? Tem que ser lockdown… tem que reduzir a circulação… não tem outro jeito e nem milagre… não se pode reduzir a circulação piorando o deslocamento das pessoas, essa tática só funcionaria em época sem pandemia.

(Autor convidado: Lincoln Paiva)

Sobre Lincoln Paiva
Especialização em Planejamento de Cidades pela Escola Politécnica da USP
Mestrado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
Doutorando em Arquitetura /Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie
Diretor da Green Mobility Projetos Sustentáveis e Consultoria
Contato: Linked In

#BikeZonaSul #VaiTerCiclovia #CicloviasSalvamVidas #CidadesParaPessoas #SãoPauloPrasPessoas #BikeSP #Mobilidade #Bicicleta #Transporte #BikeFazBemAoComércio #Compartilhe


Siga o Bike Zona Sul nas redes sociais para ficar por dentro das ações e eventos do coletivo:
Facebook: www.facebook.com/bikezonasul/
YouTube: www.youtube.com/bikezonasul
Instagram: www.instagram.com/bikezonasul
Twitter: www.twitter.com/bikezonasul
Strava: www.strava.com/athletes/bikezonasul