Silvia Ballan

Quem também contou sua história pra nós é uma grande amiga do coletivo Bike Zona Sul, que pedala por toda a cidade com sua filha. Com vocês, a Silvia e a Nina:

Silvia Ballan Nina Bike Zona Sul

“Olá. Sou Silvia Ballan, 43, moro em São Paulo, próximo avenida Santo Amaro e sou bikereporter e mãe da Nina.

Comecei a pedalar aos 5 anos no sítio da família em São Roque/SP. A infância toda foi assim. Dos 5 aos 14 pedalava pelas ruas de terra e sumia o dia todo pedalando. Ia pra casa de amigos, explorava tudo.

Aos 14 pedi para pedalar pelas ruas de São Paulo e meu pai deixou. Comecei, nessa época, a descobrir a autonomia. Percebi com 14 anos que você é capaz de ir e vir pra onde quiser de bike. É liberdade, responsabilidade, e foi assim…

Não temos carro desde dezembro de 2012 e só usamos a bike ou, quando necessário, carona e transporte público. Levo a Nina para escola desde 2010 todos os dias, faça chuva ou sol. O único momento que não pego a bike é quando tem um temporal ao sair de casa. Já pegamos temporal no caminho com capa e guarda-chuva. Às vezes damos uma paradinha em locais cobertos. Nossos roteiros são por ruas tranquilas. Amigos Bike Anjos sempre nos ajudam com dicas.

Pra mim pedalar é viver a cidade, é educar. É ensinar na prática o respeito ao próximo, o bom senso. Por causa da bike a Nina vive a cidade. Nina é uma criança que já ajuda o próximo e a bike influencia diretamente. Todo filho segue o exemplo dos pais e no caso aqui não fugimos à regra. Quando estamos na bike participamos juntas do caminho, das coisas boas e ruins e aprendemos todos os dias 🙂

Sempre estou disposta e a atividade física na bike, sem dúvida, contribui diretamente para isso e também para meu bom humor. O dia em que não pedalo não tenho o mesmo pique e humor e as atividades ficam mais cansativas.

Certo dia, conheci o Paulo Alves do Bike Zona Sul e vi como nós evoluímos em cima de uma bike. Hoje a página BZS faz o maior sucesso, não só pela dedicação do Paulo e equipe, mas também, pela atitude cidadã que todos tem quando estão pedalando pela cidade. Eles cuidam e vivem o dia a dia para um coletivo, para todos e sempre por todos. Isso é o espírito da bike na cidade: o ir e vir, o pensar como o mundo pode ser melhor para todos.
Como já dizia Raul. ‘sonho que se sonha junto é realidade’.

Valeu pessoal do BZS!”

Conheça o site delas: www.silviaenina.org

Foto: Ivson Miranda

Anúncios